Muito prazer

Minha foto

Comecei a vida em Santos e cresci educada de acordo com as tradicionais regras que, muitas vezes, envolvem o machismo brasileiro. Mudei. Fiz faculdade fora. Ganhei liberdade, responsabilidade e identidade. Hoje, com 32 anos, estou casada com um homem fabuloso e espero nosso primeiro filho. Um sonho de gente grande, mas que espero desde criança: o da maternidade. O assunto sempre me fascinou e hoje, me pego com o corpo começando a deformar e sintomas nada agradáveis. Sabe o bom da história? Dou risada de tudo! Da azia, das ânsias intermináveis, da fome colossal e do tanto de cremes de estrias que hoje povoam meu banheiro. Isso é somente a primeira fase. Tenho certeza que, depois desta gravidez, continuarei rindo de mim mesma por inúmeros motivos, inclusive por me pegar em diversas situações que jamais imaginei passar.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Dez regrinhas para uma visita ao recém-nascido

Se não conseguirem ir à maternidade, façam a visita em casa pelo menos 2 (DUAS) semanas após o nascimento, pois os primeiros dias são extremamente exaustivos: a chegada do bebê gera uma grande mudança e até a mamãe se acostumar, demora um pouco…

1) Evitem visitas no mesmo dia em que o bebê nasceu
A maioria das mamães passa muitas horas em trabalho de parto e depois que os bebês nascem ficam EXAUSTAS! Dependendo da hora em que o bebê nasceu (se foi de madrugada, por exemplo) é melhor deixar a visita para o segundo dia. Claro que se você for muito íntimo ou um parente bem próximo – como vovós/ôs e titias/os – a mamãe vai lhe querer por perto, mas é sempre bom perguntar antes. Vai que...

2) Nunca visitem a nova mamãe no período da noite
Sei que muita gente trabalha e só consegue ir nesse horário, mas saibam que o recém-nascido realmente traz muita mudança na rotina e (novamente o alerta para os esquecidos) até a mamãe se acostumar demora um pouco. Portanto, a não ser que a mamãe insista bastante, visitas após as 20h nem pensar!

3) Nunca peçam para carregar o bebê no colo!
Se a nova mamãe quiser que você segure o bebê, ela vai lhe oferecer. Caso contrário, não peça. Pedir para acordar o bebê então, NEM PENSAR! Acreditem que tem gente que pede mesmo esse absurdo.

4) Fotos do bebê
Se quiserem tirar fotos do bebê, perguntem para a mamãe se pode, se ela se incomoda.

5)  Visita rápida
Façam uma visita rápida: fiquem pouco tempo na maternidade ou na casa. Acredito que uma vista de até uns 40 minutos é o ideal. Se você for um parente muito próximo pode ficar o tempo que considerar necessário, só preste atenção se a mamãe não está cansada ou quer tirar uma soneca. Lembro-me de ficar tão cansada quando o João era bebê, que quando ele dormia durante o dia, era o momento em que eu aproveitava para descansar também e daí se tinha visita em casa, já era o descanso.

6) Hora das mamadas: deixem a mamãe e bebê sozinhos!
Assim que o bebê nasce, as mamães ficam um pouco estressadas com o momento das mamadas por diversos motivos: não sabem se o leite vai descer, se vai doer como na última mamada, ou mesmo se ela não se sente bem com alguém olhando seu peito gigante, ora! Afinal, amamentar não é como assinar contrato com as revistas VIP ou Trip. Ou seja, não fique de jeito nenhum observando a mamãe dar as mamadas ao bebê! Saia do quarto (e leve os “sem noção” junto) e deixem esse momento íntimo apenas entre eles!

7) Pode levar crianças?
Acho sempre bom ligar antes e perguntar para a mamãe, pois é uma decisão muito pessoal, eu gostei muito de receber todas as crianças que foram nos visitar, mas se você não tiver intimidade, melhor não levar. Lembro-me que quando o João nasceu, eu adorei receber todos, principalmente as crianças. Mas tem gente que não gosta e temos que respeitar. 

8) A mamãe normalmente está bem sensível nos primeiros dias do nascimento
Não façam comparações do tipo de parto, sobre o peso com que a criança nasceu ou sobre ter ou não que amamentar! Lembre-se que muitas vezes QUERER não é PODER! E só quem é mãe e passou por uma gravidez sabe disso. Então, é muito deselegante quando chega alguém (normalmente aquela/e amiga /o que ainda não teve filho) dizendo sobre o tipo de parto ideal, sobre o peso ideal etc..

9) Lembrancinhas
Não é legal o visitante querer levar lembrancinhas para outras pessoas que não estejam na visita! Normalmente, as lembrancinhas são contadas. Com certeza a mamãe vai entregar algumas lembrancinhas extras se quiser que o visitante entregue para alguém!

10) Cheiros
Por último, é legal não chegar com um perfume muito forte ou cheiro de cigarro (óbvio) para uma visita ao recém-nascido!


Um comentário:

  1. Dicas super importantes para nós mamães mas infelizmente poucas pessoas seguem... Quando meu filho nasceu recebi visitas anoite e tipo umas 10 da noite, recebi visitas com perfume forte e o Matheus começou a espirrar, gente que eu pouco conhecia pediu para pegar ele no colo, é importante que mais pessoas saibam desta lista para que a recém mãe se senta mas á vontade!
    Vou seguir o blog porque adorei o seu cantinho e adc na lista de blogs assim sempre que der dou uma passadinha por aqui.
    Bjs

    ResponderExcluir