Muito prazer

Minha foto

Comecei a vida em Santos e cresci educada de acordo com as tradicionais regras que, muitas vezes, envolvem o machismo brasileiro. Mudei. Fiz faculdade fora. Ganhei liberdade, responsabilidade e identidade. Hoje, com 32 anos, estou casada com um homem fabuloso e espero nosso primeiro filho. Um sonho de gente grande, mas que espero desde criança: o da maternidade. O assunto sempre me fascinou e hoje, me pego com o corpo começando a deformar e sintomas nada agradáveis. Sabe o bom da história? Dou risada de tudo! Da azia, das ânsias intermináveis, da fome colossal e do tanto de cremes de estrias que hoje povoam meu banheiro. Isso é somente a primeira fase. Tenho certeza que, depois desta gravidez, continuarei rindo de mim mesma por inúmeros motivos, inclusive por me pegar em diversas situações que jamais imaginei passar.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Chega de rosa bebê

As cores vibrantes e o desenho dos acessórios da marca europeia Hoppop são bem diferentes do que a média dos produtos para bebês.

Já estão nas lojas brasileiras o troninho e a banheira, feitos de plástico.

A banheira (R$ 349) tem um sensor de temperatura no tampão usado para escoar a água.

Ele muda de cor para indicar se a água do banho está com mais ou menos de 37º C, para evitar que o bebê se queime.

O troninho em forma de donut tem revestimento antirrespingos e está disponível nas cores verde, rosa e azul, por R$ 159 cada um.

A linha está à venda na Alô Bebê (www.alobebe.com.br).

Nenhum comentário:

Postar um comentário