Muito prazer

Minha foto

Comecei a vida em Santos e cresci educada de acordo com as tradicionais regras que, muitas vezes, envolvem o machismo brasileiro. Mudei. Fiz faculdade fora. Ganhei liberdade, responsabilidade e identidade. Hoje, com 32 anos, estou casada com um homem fabuloso e espero nosso primeiro filho. Um sonho de gente grande, mas que espero desde criança: o da maternidade. O assunto sempre me fascinou e hoje, me pego com o corpo começando a deformar e sintomas nada agradáveis. Sabe o bom da história? Dou risada de tudo! Da azia, das ânsias intermináveis, da fome colossal e do tanto de cremes de estrias que hoje povoam meu banheiro. Isso é somente a primeira fase. Tenho certeza que, depois desta gravidez, continuarei rindo de mim mesma por inúmeros motivos, inclusive por me pegar em diversas situações que jamais imaginei passar.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Vida de Bebê - de Paul Reiser

Trecho do livro "Vida de Bebê "
Autor: Paul Reiser (autor e ator no seriado Mad About You)
Editora Objetiva


"Ergui os olhos para minha esposa e fiquei ainda mais chapado pelo que vi em seguida: a mulher mais radiante e bela que eu jamais imaginara. Naquele instante - seus cabelos grudados na testa de suor, chorando e se contorcendo de dor -, no meio de tudo isto, havia esse ser primoroso e inevitavelmente feminino, fazendo exatamente o que tinha que fazer, instintiva e esplendidamente. Era como um anúncio de Mulher. Poderosa e arrebatadora.

É um fenômeno além da compreensão como as mulheres sabem fazer isso. A fim de parirem, parece que Deus dá a elas mil vezes mais vigor, recursos, sabedoria e esperteza do que normalmente possuem. Ironicamente, durante essas mesmas horas, os homens ficam com menos. E não acho que seja coincidência. Prefiro crer que a gente fica com menos do que somos para que as mulheres possam ser mais do que elas são. É uma transferência. Uma dádiva de amor. "

Nenhum comentário:

Postar um comentário