Muito prazer

Minha foto

Comecei a vida em Santos e cresci educada de acordo com as tradicionais regras que, muitas vezes, envolvem o machismo brasileiro. Mudei. Fiz faculdade fora. Ganhei liberdade, responsabilidade e identidade. Hoje, com 32 anos, estou casada com um homem fabuloso e espero nosso primeiro filho. Um sonho de gente grande, mas que espero desde criança: o da maternidade. O assunto sempre me fascinou e hoje, me pego com o corpo começando a deformar e sintomas nada agradáveis. Sabe o bom da história? Dou risada de tudo! Da azia, das ânsias intermináveis, da fome colossal e do tanto de cremes de estrias que hoje povoam meu banheiro. Isso é somente a primeira fase. Tenho certeza que, depois desta gravidez, continuarei rindo de mim mesma por inúmeros motivos, inclusive por me pegar em diversas situações que jamais imaginei passar.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Últimas horas com a barriga

Faltam apenas algumas horas para a maratona começar. Vamos nos levantar as 03h30, nos arrumarmos e pretendemos chegar na Promatre as 04h30. Minha internação começa as 05h desta quinta-feira, 27/05/2010. Aliás minha nova vida começa nesta data e horário também.
Hoje tomei o último banho com a barriga. Fiz massagem (como todos os dias) e conversei muito com o meu bebê. Me despedi dele na barriga. Disse a ele que massagem agora só ao vivo e a cores. E me pus a chorar. Um choro bom, afinal, trata-se de um choro de sonho realizado, de uma conquista, sabe? Nunca sonhei em ser jornalista, em vencer a vida sozinha, em batalhar coisas, em ser uma mulher independente, em me casar, em me vestir de noiva, em jogar meu bouquet...Nunca sonhei nada disso. Estas coisas apenas aconteceram na minha vida. Agora a maternidade sim era um sonho. um sonho que sempre quis. Sempre desejei ser mãe. Sempre quis sentir a força de uma nova vida no meu ventre. E, graças a Deus e ao meu marido Ricardo, isso aconteceu. Sei que neste momento tem gente pensando: mas a brincadeira de mamãe e filhinho está começando e tal....(risos), mas para mim, agora, depois do nascimento dele, começa uma outra fase. Uma fase mais mecânica de afazeres e tal. Eu falo é desta fase mágica que é a gestação. Eu A-D-O-R-E-I ficar grávida. Adorei minha barriga (tenho certeza que sentirei falta dela no primeiro banho assim como sentimos a falta de um cabelo comprido que tosamos de um dia para o outro, sabe? Só que agora falo de uma vida. Sim é nítido que existe uma vida dentro de mim. Ele se mexe sem parar (isso significa vitalidade, graças a Deus!) e esta sensação que no começa é super estranha, torna-se a coisa mais mágica da sua vida. Eu amei a gravidez e quero outra, pelo menos! (risos)
Hoje foi o dia do telefone tocar: em casa, no celular...todos querendo me desejar uma boa hora, vibrações positivas, palavras de carinho e tudo mais. Tudo foi muito bom: desde o dia que descobri a gravidez até hoje com todo este carinho que recebi dos meuas amigos e familiares. Talvez por isso hoje estou calma, centrada e com um sorriso no rosto e um brilho nso olhos que ninguém consegue tirar. O Ricardo está exatamente como eu. Curtimos tudo o tempo todo juntos e agora, vamos curtir nosso filhote.
Os relatos que até hoje foram de uma mulher que passava pela sua primeira (e almejada) gravidez, a partir de amanhã, passam a ser de uma mãe que tentará fazer o melhor de tudo para ver brotar a todo instante um sorriso lindo no rosto do nosso filho, nosso João Ricardo. Este sorriso é meu objetivo de vida e, tenho certeza, do Ricardo também.

Um comentário:

  1. Amiga, aqui na Italia sao 7h, aì no Brasil 2h, acredito que vc esteja rolando de um lado pro outro da cama, sò esperando o despertador tocar, hehe. Quero te desejar toda a tranquilidade do mundo e um parto maravilhoso, fique centrada no rostinho do seu bebe e qq medo vai embora ,pode ter certeza, viu! De hoje em diante vc nao serà mais a "Neila", mas sim a "Mamae Neila". Estarei com os pensamentos em voces! Um dia iluminado te espera!!! Beijos e assim que possivel corre aqui com noticias e uma fotinho!!
    Daphne

    ResponderExcluir