Muito prazer

Minha foto

Comecei a vida em Santos e cresci educada de acordo com as tradicionais regras que, muitas vezes, envolvem o machismo brasileiro. Mudei. Fiz faculdade fora. Ganhei liberdade, responsabilidade e identidade. Hoje, com 32 anos, estou casada com um homem fabuloso e espero nosso primeiro filho. Um sonho de gente grande, mas que espero desde criança: o da maternidade. O assunto sempre me fascinou e hoje, me pego com o corpo começando a deformar e sintomas nada agradáveis. Sabe o bom da história? Dou risada de tudo! Da azia, das ânsias intermináveis, da fome colossal e do tanto de cremes de estrias que hoje povoam meu banheiro. Isso é somente a primeira fase. Tenho certeza que, depois desta gravidez, continuarei rindo de mim mesma por inúmeros motivos, inclusive por me pegar em diversas situações que jamais imaginei passar.

sábado, 13 de março de 2010

Desenvolvimento fetal - 27 semanas de gravidez

Desejar ao bebê que "sonhe com os anjinhos" nesta fase não chega a ser besteira. Há especialistas que acreditam que os bebês começam a sonhar por volta da 28a semana de gravidez. Com o que eles sonham? Ninguém sabe ao certo.

O cérebro também está bastante ativo esta semana. Os sulcos característicos da superfície cerebral começam a aparecer, e mais tecido cerebral se desenvolve.

Se você sentir movimentos ritmados dentro da sua barriga, pode ter certeza de que são soluços, comuns esta semana e ao longo de toda a gravidez. Seu bebê soluça mesmo respirando líquido amniótico, e não ar. As crises de soluço não costumam durar muito tempo, e a sensação pode ser estranha, mas é mais engraçada que desagradável.

Seu útero já chega até a caixa torácica, o que explica a eventual falta de ar que você pode estar começando a sentir.

A partir de agora você se sente mais pesada, e nos últimos três meses da gravidez pode sofrer alguns outros incômodos como cãibras nas pernas, hemorróidas, varizes e coceira na barriga.

Detalhe: tenho falta de ar e coceira na barriga que me deixa aflita pensando nas temíveis estrias...credo, detesto pronunciar até o nome! Mas agora já vi que faz parte da fase gestacional e nada tem a ver com um provável aparacimento deste fastasma....rs
Tomara que o João Ricardo não esteja sonhando como a mãe. Gente tenho pesadelos bobos como se eu passasse mal, fosse a maternidade e o médico me colocasse na sala de parto. Eu largo tudo, saio no hospital, sabe por que? Porque não tenho uma camisola para vestir depois e nem trouxe as roupas do João! Gente, do céu!!! Tudo bem, é sonho, mas do jeito que eu sou, não duvido que posso tentar (sim tentar porque provavelmente seria contida pela equipe médica) fazer isso mesmo. Maluca, ariana e vaidosa. hehehe

Nenhum comentário:

Postar um comentário