Muito prazer

Minha foto

Comecei a vida em Santos e cresci educada de acordo com as tradicionais regras que, muitas vezes, envolvem o machismo brasileiro. Mudei. Fiz faculdade fora. Ganhei liberdade, responsabilidade e identidade. Hoje, com 32 anos, estou casada com um homem fabuloso e espero nosso primeiro filho. Um sonho de gente grande, mas que espero desde criança: o da maternidade. O assunto sempre me fascinou e hoje, me pego com o corpo começando a deformar e sintomas nada agradáveis. Sabe o bom da história? Dou risada de tudo! Da azia, das ânsias intermináveis, da fome colossal e do tanto de cremes de estrias que hoje povoam meu banheiro. Isso é somente a primeira fase. Tenho certeza que, depois desta gravidez, continuarei rindo de mim mesma por inúmeros motivos, inclusive por me pegar em diversas situações que jamais imaginei passar.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Ao João Ricardo

Nunca trocamos um olhar, mas posso sentir seu coração.
Nunca senti o toque delicado da sua pele, mais sinto a sutileza da sua vida a cada minuto.
Nunca ouvi o doce som de sua voz, mas para nós palavras não são necessárias.
Você nunca me beijou, mas sinto entre nós uma ligação eterna e tão profunda que é inútil tentar descrevê-la.
Sonho com o dia que irei segura-lo em meus braços, lhe dar todo o meu carinho e finalmente conhecer seu sorriso.
Esse sorriso passará a ser meu objetivo.!!
Prometo lutar por ele todos os dias. Peço que tenha paciência comigo, pois mesmo amando-lhe com toda a minha alma, estou aprendendo junto contigo, e, algumas vezes, talvez não saiba como fazer sumir todas as suas aflições.
Mas lhe asseguro que terás sempre o meu máximo. O máximo do meu amor, da minha proteção, da minha vida.
E quando não precisar mais de mim, prometo lhe passar todas as minhas experiências, mas jamais impedir que tenha as suas próprias.
Prometo te amar incondicionalmente!!
Você já vivia em meus sonhos... Sempre lhe esperei!

De sua mamãe...

PS. Texto enviado pela prima Lilian que (aposto!) ficou com os olhos marejados como os meus ao ler isso. Simplesmente magnífico!

Nenhum comentário:

Postar um comentário