Muito prazer

Minha foto

Comecei a vida em Santos e cresci educada de acordo com as tradicionais regras que, muitas vezes, envolvem o machismo brasileiro. Mudei. Fiz faculdade fora. Ganhei liberdade, responsabilidade e identidade. Hoje, com 32 anos, estou casada com um homem fabuloso e espero nosso primeiro filho. Um sonho de gente grande, mas que espero desde criança: o da maternidade. O assunto sempre me fascinou e hoje, me pego com o corpo começando a deformar e sintomas nada agradáveis. Sabe o bom da história? Dou risada de tudo! Da azia, das ânsias intermináveis, da fome colossal e do tanto de cremes de estrias que hoje povoam meu banheiro. Isso é somente a primeira fase. Tenho certeza que, depois desta gravidez, continuarei rindo de mim mesma por inúmeros motivos, inclusive por me pegar em diversas situações que jamais imaginei passar.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Olha ele aí...É o meu guri!


2 comentários:

  1. Neiloca, querida. É sempre mto bom acompanhar as histórias e o desenvolvimento do John-John (posso já ficar íntima dele assim? kkkkkk).
    Adoooro acompanhar esses momentos especiais que você compartilha conosco!
    beijos pra vc!!!

    ResponderExcluir
  2. Oba!!! Eu amo isso, né, Pri?! Você bem sabe o quanto desejei esta gravidez e ótimo que Deus me deu este presentinho que não pára de rodopiar na minha barriga ultimamente...rs
    Ah! Vc pode chamá-lo como quiser. Os amigos podem! hehehehe
    beijocas

    ResponderExcluir