Muito prazer

Minha foto

Comecei a vida em Santos e cresci educada de acordo com as tradicionais regras que, muitas vezes, envolvem o machismo brasileiro. Mudei. Fiz faculdade fora. Ganhei liberdade, responsabilidade e identidade. Hoje, com 32 anos, estou casada com um homem fabuloso e espero nosso primeiro filho. Um sonho de gente grande, mas que espero desde criança: o da maternidade. O assunto sempre me fascinou e hoje, me pego com o corpo começando a deformar e sintomas nada agradáveis. Sabe o bom da história? Dou risada de tudo! Da azia, das ânsias intermináveis, da fome colossal e do tanto de cremes de estrias que hoje povoam meu banheiro. Isso é somente a primeira fase. Tenho certeza que, depois desta gravidez, continuarei rindo de mim mesma por inúmeros motivos, inclusive por me pegar em diversas situações que jamais imaginei passar.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

11ª Semana





Do alto da cabeça até o bumbum, o feto tem 4 centímetros e o corpo todo formado, desde os dentes até as unhas do pé. O bebê leva uma vida agitada, dando chutes e se esticando; os movimentos são tão fluidos que parecem um balé aquático. (fofo)
Os dedos das mãos e dos pés já se separaram totalmente. A principal tarefa do feto, durante os próximos seis meses, é crescer e se fortalecer até ser capaz de sobreviver por conta própria fora do útero.
O médico sugere agora que façamos o exame de translucência nucal, por ultra-som, para detectar sinais de problemas genéticos. Esse exame é feito entre a 11ª e a 14ª semana de gestação, e os resultados são avaliados em conjunto com os do ultra-som. (Já está agendado para dia 04/12. Expectativa...)
Pode ser que apareça na barriga da mãe uma linha vertical escura. O útero já está acima dos ossos da pelve e o médico já consegue senti-lo num exame externo.
O corpo da mamãe
Nesta etapa, é muito importante que a mãe controle as reservas de ferro. Esse componente tem a função de formar a hemoglobina. Pode ser encontrado nos seguintes alimentos: fígado bovino, carnes vermelhas, gema de ovo, trigo, germe de trigo, legumes, tomate, etc.
Especialistas argumentam que "os alimentos ricos em ferro devem ser consumidos com ácido fólico, encontrado em laranjas, vegetais de folhas verdes e aspargos. Dessa forma, o ferro ingerido é aproveitado em sua totalidade".
Por outro lado, dando continuidade às mudanças de seu corpo, o útero da mãe cresceu muito e ocupa a pelve. Por isso, ele já pode ser apalpado na região pubiana.
Você pode notar os seios mais delicados e pesados. A mamãe se sente muito cansada e as emoções dela são imprevisíveis devido às oscilações hormonais.
O amado bebê
Nesta fase, o bebê já deixou de ser chamado de embrião. Mede quase 5 cm, o tamanho de uma fruta pequena, e o esqueleto cresce rapidamente. Os ossos começam a se solidificar, embora ainda sejam de um material flexível. Os órgãos estão formados e funcionam completamente.
O sistema nervoso vai se desenvolvendo, o cérebro e os terminais nervosos se conectam mediante impulsos elétricos, o dedos já estão separados e as unhas começam a crescer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário